radio zumbi web

RADIOWEB ZUMBI DOS PALMARES

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Pedida impugnação da candidatura de ex-diretor

O ex-diretor,
Franco Ferreira
agora é PATRÃO!





foto: reprodução do site do Sindicato dos Jornalistas da PB



Representantes da chapa 2 protocolaram nesta terça-feira, dia 15, pedido de impugnação da candidatura do ex-diretor de Esporte e Lazer do Sindicato dos Jornalistas, Francisco de Assis Clemente Ferreira (vulgo Franco Ferreira). A impugnação da candidatura do ex-dirigente se dá com base nos artigos 6º e 42º do Estatuto do Sindicato.

NOVOS RUMOS teve acesso a documentos da empresa SOESPORTE COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA (CNPJ nº 07.181.073/0001-76), obtendo um Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral, emitido pela pela Receita Federal do Ministério da Fazenda. Uma consulta à Junta Comercial do Estado mostrou que Ferreira é o sócio-proprietário da SOESPORTE, que edita o site especializado em jornalismo esportivo na internet (www.soesporte.com.br).

A empresa foi fundada em 1995, quando Franco já era diretor do sindicato. Ele deveria ter se licenciado, naquela época, da diretoria do sindicato dos trabalhadores, uma vez que havia ingressado no time dos patrões empresários da comunicação paraibana. Repórter do jornal Correio da Paraíba e da Rádio Tabajara há anos, Franco sempre tirou proveito de sua imunidade sindical para manter-se na folha de pagamento do Sistema Correio e da rádio estatal.

Tanto no Correio, quanto no seu site, Ferreira mantém uma relação íntima com a Federação Paraibana de Futebol. Além da FPF, o site do ex-diretor do Sindicato dos Jornalistas exibe banners do Empreender JP (Prefeitura de João Pessoa).

NOVOS RUMOS está contestando também o fato do empresário da comunicação permanecer dirigindo o sindicato dos trabalhadores, sendo um dos nove nomes que compõem a atual Junta Governativa. “Vamos afastar da nossa entidade esse grupo que acompanha o ex-presidente e que usa o Sindicato dos Jornalistas apenas como credencial para proveito próprio”, diz Marcos Lima, que compõe a chapa 2, de oposição à atual gestão da entidade.

Decisão do TRT ficou para maio

O juiz da 5ª Vara da Justiça do Trabalho, Dr. Walnei Cordeiro, marcou para o próximo dia 12/05, às 12h57, uma nova audiência para avaliar a disputa no Sindicato dos Jornalistas, já que uma das ações iniciadas na Justiça Comum ainda não foi remetida ao TRT. O advogado Fernando Maia, que defende NOVOS RUMOS, interpôs mais uma impugnação à contestação apresentada pelo advogado Sósthenes Marinho, que substituiu Derly Pereira na defesa do grupo situacionista.

Marinho anexou ao processo a última edição do jornal editado por NOVOS RUMOS, tentando convencer o juiz trabalhista de que o grupo de oposição agiu de forma “desrespeitosa” para com o procurador Márcio Roberto Evangelista, que anulou, inexplicavelmente, o Processo Investigatório instaurado contra o ex-presidente no Ministério Público do Trabalho.

“Os advogados contratados para defender o ex-presidente têm agido de forma anti-ética, emprestando seus nomes às calúnias e à desfaçatez, típicas do grupo que quer se perpetuar na direção do nosso sindicato”, diz Dalmo Oliveira, candidato a presidente da chapa de oposição.

“No caso do arquivamento do processo na Procuradoria do Trabalho, Sosthenes usa juízos de valor para tentar ficar bem na fita com o Judiciário, já que seu cliente atacou juízes no início da disputa eleitoral, quando a Justiça Comum nos concedeu três liminares. Em um dado momento o ex-presidente chegou a afirmar que o Judiciário Paraibano concedera as liminares porque estava compromissado com os empresários da Comunicação na Paraíba. NOVOS RUMOS entende que o cidadão não precisa adotar uma postura de subalternidade em relação à Justiça. Juízes erram, procuradores se equivocam. São seres humanos como quaisquer um de nós. Respeitamos a Justiça, mas também exigimos respeito de seus operadores”, acrescenta o sindicalista.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Comissão eleitoral confirma elegibilidade da chapa NOVOS RUMOS

Documento escaneado entregue pela Comissão Eleitoral nesta segunda-feira, 14




A comissão eleitoral do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba confirmou, nesta segunda-feira, 14, por volta das 16h20, a elegibilidade da chapa NOVOS RUMOS. O presidente da comissão, jornalista Gilson Souto Maior, entregou, em envelope lacrado, o termo de deferimento da candidatura oposicionista, na sede da entidade. Ele encaminhou sua decisão para a publicação nos jornais de maior circulação do Estado nesta terça-feira, dia 15.

As chapas agora terão 72 horas para apresentar recursos de impugnação de candidatos. Vamos verificar se não há outras irregularidades na composição da chapa liderada pelo ex-presidente”, diz o jornalista Dalmo Oliveira, que lidera o grupo da chapa 2. Mesmo com o deferimento da chapa NOVOS RUMOS, a Junta Governativa do sindicato ainda não entregou aos representantes da oposição a lista de sócios em condições de participar das eleições, convocadas para o dia 9 de junho próximo.


Pendências jurídicas


Nesta quarta-feira, 16, a partir das 8h15, na 5ª Vara da Justiça do Trabalho, no Shopping Tambiá, acontece mais uma audiência para julgamento de liminares concedidas a NOVOS RUMOS, que reivindica a prestação de contas detalhadas do sindicato entre outras demandas negadas pela antiga diretoria e pela atual Junta Governativa.

O processo, presidido pelo juiz Paulo Roberto Vieira Rocha, deverá definir questões relacionadas às inúmeras irregularidades apontadas pelo grupo oposicionista, notadamente a falta de acesso a documentos públicos como atas, fichas de filiação, lista de adimplentes e inadimplentes etc.

Defendemos a tese de que a grave situação da maioria dos associados, colocados em situação de débito junto à tesouraria, é de responsabilidade exclusiva da antiga diretoria, que descumpriu sistematicamente o que reza o artigo 12º do Estatuto do sindicato”. NOVOS RUMOS vai pedir à Justiça do Trabalho que autorize a participação de todos os cerca de mil filiados nas eleições de junho.

sábado, 12 de abril de 2008

Depois de quase 20 anos jornalistas da PB terão alternativa na eleição para sindicato

fotos: Fabiana Veloso
Gilson pediu prazo para analisar solicitações de inscrições
Marcos da Paz conferiu pendências das mensalidades




Depois de quase 20 anos jornalistas da PB

terão alternativa na eleição para sindicato

A comissão eleitoral do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba recebeu nesta sexta-feira, 11, por volta das 18h30, a inscrição da chapa NOVOS RUMOS, consolidando assim o processo de renovação para a diretoria da entidade, depois que a Justiça suspendeu por duas vezes o pleito devido a irregularidades.

O presidente da comissão, jornalista Gilson Souto Maior, só vai anunciar a elegibilidade das chapas disputantes na tarde da próxima segunda-feira, dia 14, numa atitude fora dos padrões daquilo que prevê o regimento eleitoral e o estatuto do sindicato.

“Vamos esperar os acontecimentos, já que a nossa chapa foi apenas pré-deferida pela comissão eleitoral”, diz o jornalista Dalmo Oliveira, candidato a presidente da chapa 2, de oposição ao grupo liderado pelo ex-presidente Land Seixas.

O ato de inscrição da chapa NOVOS RUMOS foi acompanhado por observadores convidados pelo grupo oposicionista. A diretora da CUT-PB, Maria da Penha Araújo, e o presidente do Sindicato dos Radialistas, Moisés Marques, acompanharam todo o processo por quase duas horas na sede da entidade dos jornalistas, na avenida Índio Piragibe, no centro de João Pessoa.

A chapa NOVOS RUMOS vai disputar a eleição com a seguinte composição:

Presidente, Dalmo Oliveira da Silva; Vice-Presidente, Paula Ediane Pompeu de Brito; Secretária Geral, Fabiana Veloso dos Santos; Tesoureiro, Marcos Antônio de Lima; Diretoria de Formação Sindical, José Antônio Oliveira; Diretoria de Assuntos do Interior, Hilton Gouvêa de Araújo; Diretoria de Imprensa e Cultura, Cristovam Tadeu Vieira; Diretoria de Esportes e Lazer, Alex Marcio Lins Ferreira; Diretoria de Mobilização e Direito Autoral, Stanley Talião Pereira de Oliveira; Diretoria Social, Antonia Iranilde de Sousa; Diretoria de Relações Trabalhistas, Olenildo Nascimento de Lima; Diretores de Base de Campina Grande, Katiúscia Formiga Miranda, Aluísio Alves do Nascimento e Ionete Ramos Oliveira; Diretor de Base do Sertão, Josival Pereira de Araújo; Conselheiros fiscais, José Alves Vieira, Ricardo da Silva Araújo, Ana Maria Felipe da Silva, Jackson Bandeira Pereira, Wellington José de Oliveira Pereira e Josélio Carneiro de Araújo. Para a Comissão Estadual de Jornalistas em Assessoria de Comunicação concorrem os jornalistas Mabel Dias dos Santos, Ivomar Gomes Pereira, Edvanildo Lobo, Valdívia da Costa Lucena, Jurani Clementino e Roberto Luiz Silva Rocha. Para a Comissão de Ética concorrem pela NOVOS RUMOS os companheiros Jean Mary Nogueira, Agnaldo Brito Almeida, Edna Maria Rodrigues, Alarico Correia Neto, Luís Inácio Rodrigues Tôrres e Ana Regina Teixeira da Silva.